Portal do Governo Brasileiro
Menu

Programa de Pós-graduação em Educação Modalidade Profissional

O curso de Mestrado Profissional em Educação teve seu início em setembro de 2011 como parte de um processo de discussão que surgiu, no começo, na Linha de Políticas Públicas de Gestão da Educação do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação. A proposta foi homologada pelo CNE (Port. MEC 1364 de 29/9/2009 DOU de 30/09/11, sec. 1, p 40) com foco em Políticas Públicas e Gestão da Educação. Em julho de 2014, a Faculdade de Educação decidiu pela criação de um novo Programa de Pós-Graduação, na modalidade profissional. A abertura de uma nova proposta atendeu diversas demandas vindas de diferentes instâncias e órgãos governamentais.

Em 2016, dois motivos geraram a necessidade do redimensionamento do Programa. Primeiro, a diversificação de demandas para atender educação básica e formação de professores, bem como a manutenção da formação de gestores. Por outra parte, o segundo motivo está associado à reconfiguração do quadro docente, a partir da convocação do edital 1/0217, para permitir o processo de credenciamento e recredenciamento de professores de diversas áreas da Faculdade de Educação. Essas mudanças foram levadas para o colegiado do PPGEMP, o que permitiu o estabelecimento de duas áreas de concentração com dois focos de ação diferentes. Para isso foram unificadas as duas áreas anteriores que estavam centradas na educação profissional e tecnológica e na gestão de sistemas educacionais, criando-se a área: 

Área de Concentração:

  • 1 Políticas públicas e gestão da educação.
  • Desenvolvimento profissional e educação.

Campos de pesquisas:

  • Política, Gestão, Sociedade e Cultura
  • 2 Processos Formativos e Profissionalidades
A nova área de concentração gera uma mudança significativa para o Programa e cria novas possibilidades de ação, formação e pesquisa, ampliando, ao mesmo tempo, as possibilidades de oferta por parte do Mestrado. Esses ajustes ampliam as possibilidades de impacto social do PPGEMP no contexto local, almejando impacto mais imediato no Distrito Federal e, posteriormente, no país.

A criação das áreas de concentração tornou viável a discussão, no contexto do Colegiado do PPGEMP, de uma ideia que se distancia da tradição conceitual de “Linha de Pesquisa” e propõe o que tem sido chamado de Campo de Pesquisa. No contexto do PPGEMP, os campos de pesquisa são espaços dinâmicos, interdisciplinares e relacionais onde a pesquisa é desenvolvida. O primeiro campo de pesquisa é denominado Política, Gestão, Sociedade e Cultura e associa-se à área de concentração A). O Segundo campo, Processos Formativos e Profissionalidades, está associado à área de concentração B). A ideia de campo pretende gerar uma discussão mais ampla, interdisciplinar e articulada com outros olhares teóricos e metodológicos acerca dos espaços formativos e que possam vir a enriquecer as ações de ensino, pesquisa, inovação e intervenção geradas/demandadas pelo/para o Programa.
O Mestrado Profissional almeja Formar profissionais para uma ação transformadora em educação, com foco em sua qualificação nos âmbitos da docência, da gestão e da ação técnico-científica, que impacte nos contextos de inserção profissional dos sujeitos envolvidos.

ESTRUTURA CURRICULAR
MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO

Componentes curriculares

Total de créditos

Percentual

Duas disciplinas obrigatórias do tronco comum. Sendo Pesquisa Aplicada à Educação e 1 disciplina obrigatória da área de concentração escolhida pelo estudante.

8

28,57%

Quatro disciplinas optativas do Programa e/ou de outros Programas de Pós-graduação; Publicação de artigos periódico científico classificado no nível B3, ou superior, no Sistema Qualis da CAPES Revistas Nacionais ou Internacionais, bem como publicação de capítulo de livro ou livro nos estratos L3 e L4 do Qualis/Livros ou em editoras em estándares internacionais; Apresentação de trabalhos completos em eventos Nacionais ou Internacionais, fora da região. Minicurso de extensão com mínimo 30 horas, aprovado pelo DEX/UnB; Participação em estágios internacionais de, no mínimo, 1 mês; Monitoria II em disciplina de graduação ou pós-graduação, sob supervisão do orientador.

16 por cursar as 4 disciplinas

ou completar os 16 créditos participando das atividades a seguir:

2 créditos por cada publicação ou

2 créditos por cada apresentação ou

2 créditos aprovados pelo DEX/UnB ou

4 créditos Estágio internacional ou

2 créditos para Monitoria II



57,15%

Atividades programadas em pesquisa

4

14,28%

Trabalho de Conclusão Final de Curso

-

-

TOTAL

28

100%

 

Voltar ao topo