Educação, Tecnologias e Comunicação – ETEC

 

Estruturas colaborativas de trabalho online, acessíveis através de interfaces estéticas, e utilizando modelos pedagógicos apropriados, facilitam o processo de aprendizagem. Na aprendizagem colaborativa com suporte computacional a estética da interface lúdica e intuitiva é o suporte através do qual se realiza o processo interativo do trabalho de grupo, promovendo o desenvolvimento da criatividade e aprendizagem ativa.

Estudo do processo ensino-aprendizagem no contexto da educação especial e inclusiva; do potencial pedagógico dos diferentes recursos tecnológicos,o computador,o software educativo,as tecnologias assistivas para apoio às necessidades educacionais dos alunos;a formação, presencial e a distância, de professores para atendimento à diversidade nos vários contextos escolares e não escolares,enfatizando o hospital.

Estudo das possibilidades pedagógicas das novas tecnologias de comunicação, informação e expressão, por meio de sete vertentes distintas e complementares: 1. O computador e a educação formal e não formal; 2. O impacto da informática na prática docente; 3. Inclusão digital; 4. Desenvolvimento de softwares educativos; 5. Interatividade e EaD; 6. Educação, trabalho e novas tecnologias; 7. Sociologia da tecnologia.

Investiga educação e mídias audiovisuais – destacando TV, vídeos pela internet/webTV e videojogos, desde a produção/expressão (dimensões pedagógica, cultural, social, política, mercantil e tecnológica, princípios éticos, processos de criação, realidade e imaginário, linguagens , narrativas, formatos, interatividade) ao consumo/interação (mediações, modos de ver, de interagir, de compreender, aprendizagem, competências midiáticas, apropriações) por crianças, adolescentes e educadores.

A complexidade dos processos de construção do conhecimento no cenário contemporâneo. Diálogos entre conhecimentos, saberes e práticas; Intersecção entre múltiplos discursos e vozes - visuais, orais e textuais - como propulsores do trabalho educacional; Inovação na práxis educativa; Juventude e narrativas visuais; Heterogeneidade; Memória social; Intertextualidade, Rizoma; Dialogismo e Polifonia.

Classes populares e/ou médias no ensino superior (semipresencial ou na EaD); diferença, cultura e educação no ensinar e aprender; Ongs, movimentos sociais, educação e política pela internet; formação de professores; autonomia docente na EaD; socialização pela internet e socialização familiar e/ou escolar; impactos da EaD.